Encontramos Você Aqui:

POSTO DA MATA NEWS

Kamyla Simioni afirma ter carta na manga em processo movido por Scheila: “Vem chumbo grosso por aí”

E-mail Imprimir PDF

A empresária mineira Kamyla Simioni não teme nenhum processo que seja movido por Scheila Carvalho contra ela. Ao R7, afirmou que ainda tem muita coisa escondida debaixo do tapete de Tony Salles e declara que ainda tem muitas revelações para a ex-peoa.

— Não tenho medo da Scheila, a única coisa que eu temo na minha vida é Deus. É direito dela me processar caso se sinta prejudicada. Mas acho que metade do processo eles vão retirar, porque vem chumbo grosso por aí, eu não sou a única aventura do Tony. O que ele estava fazendo em Salvador quando o Brain morreu?

Depois da reunião com seu advogado no final da tarde desta terça-feira (20), Kamyla irá decidir o rumo de sua vida daqui para a frente.

— Tenho uma reunião com meu advogado. Para ver o que vai necessário daqui para frente. Vou ao meu advogado para tratar de tudo. Minha vida é um livro aberto. Fiquei presa 36 horas, saí, provei minha inocência e fui absolvida.

Diante da hipótese de ser processada por Scheila Carvalho, Kamyla diz que a esposa de Tony deveria rever seus conceitos, já que foi o cantor que traiu Scheila e não ela.

— Na minha opinião, se ela [Scheila] tivesse que processar alguém deveria ser ele [Tony]. Se ele não a traísse, não corresse atrás de mulher [nada disso tinha acontecido]. Ele a traiu comigo, trairia com outra mulher.

A empresária diz que alguns shows de Tony Salles eram armados para sair de casa e dispara que o músico é bancado pela esposa.

— Claro e evidente que ela [Scheila] banca ele [Tony]. Ele cobrava por um show R$ 200 mais hospedagem. Fazia isso só para sair de casa.

Kamyla alfineta e diz que a mulher de Tony Salles não poderia ter perdoado o marido, porque seu caso com Tony não era de conhecimento de Scheila.

— Ela mentiu, não sabia de mim, foi uma jogada de marketing. Não estava se referindo a minha pessoa quando disse que já tinha perdoado uma traição dele. Conheço várias outras histórias. Eu tenho como provar. Por que ele pediu perdão? Foi uma jogada.

Kamyla foi irônica ao dizer que Scheila deixou a Fazenda: “O Brasil votou e ela saiu”. A mineira se diz perseguida por ter dinheiro e ser bem sucedida. Acredita que querem ganhar "algum" em cima dela.

— Parece que ela [Scheila] quer 2 milhões de mim. Não ganhou A fazenda e quer levar uma às minhas custas. Se eu pudesse, tinha entrado lá dentro e gritado que ela era corna. Ela teve sorte que foi eu que contei para todo mundo, se fosse outra mulher, sem dinheiro, a Scheila iria ter que pagar até o advogado da coitada.

 

POMAL SEGURO

CASA DE CARNE DAVIZÃO

SACOLA CHEIA SÃO LORENÇO

LAVA JATO POSTO DA MATA

WESLEY DA FIAT

Imperial artefatos de concretos

CONCEPT INFORMATICA

FARINHA SOM

Mural de Recados

Francisco George
29/11/2012 às 15h11
Web Master / Professor
Colina / SP

Estou Passando Apenas para Fazer Alguns Teste .... [...]

Ver recado completo »

Estatísticas do Site

Membros : 6
Conteúdo : 685
Visualizações de Conteúdo : 95161

Usuários Online

Nós temos 2 visitantes online

LANCHONETE TOKIO